Reforma no terminal de Fazenda Rio Grande: vereador Rafael Campaner solicita que o espaço receba alguns reparos

Por: Dayanne Wozhiak

O terminal rodoviário de Fazenda Rio Grande já gerou algumas polêmicas entre a população. São diversas reclamações que, embora ecoem na cidade, ainda não tiveram solução. Pensando em resolver ao menos parte do problema, o vereador Rafael Campaner apresentou, na última sessão da Câmara, uma indicação solicitando melhorias no local.

De propriedade da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec) e cedido à Prefeitura Municipal, o local apresenta alguns problemas logo que começou a ser utilizado e a situação foi se agravando ao longo dos anos. Segundo a prefeitura, a responsabilidade com relação ao espaço é da Comec, mas o poder executivo acaba arcando também com os custos de manutenção.

Um dos principais problemas apresentados é com relação aos banheiros. O aposentado Natalino da Silva, de 79, diz que a estrutura está péssima e as pessoas não colaboram. “Tem muita pornografia desenhada, mas isso é culpa do próprio povo, não sei o que há com as pessoas que não respeitam. Tem muita gente de bem e também crianças que usam o banheiro”, expõe.

Um funcionário que não quis se identificar contou que a falta de higiene também é preocupante. Ele disse que uma colega da limpeza chegou a adquirir uma micose enquanto fazia o seu trabalho nos banheiros. Mesmo preocupado, ele não vê outra saída que não seja ir ao sanitário quando a bexiga aperta.

A operadora de telemarketing Rosi de Fátima disse que prefere usar o banheiro de casa e falou ainda que quando vai ao terminal de carro, não tem onde estacionar. “Seria bom um estacionamento aqui. Quando meu marido me traz, tem que parar no meio da rua”, disse.

Pensando nisso, o vereador Rafael Campaner apresentou uma indicação na Câmara, pedindo quatro melhorias em especial. Uma delas, com relação a colocação de um espaço onde as pessoas possam estacionar o carro para levar ou buscar passageiros que tenham usado o transporte público.

“Ali em torno do terminal as pessoas que vão usar o ônibus e vão até lá de carro, não têm um local para estacionar, para embarque e desembarque. Então estou pedindo que a prefeitura coloque um local destinado para isso ali por perto”, disse o vereador. Segundo ele, isso não foi algo só que a população pediu, mas ele também já havia percebido, ao ir levar a mãe até o terminal.

Melhorias no banheiro do terminal também foram solicitadas pelo vereador, além da instalação de mais lixeiras (a pedido da população) e a colocação de um piso tátil, para que deficientes visuais consigam se localizar e pegar o ônibus correto. Algo que, segundo Campaner, é necessário por um questão de inclusão.

 

Foto: Mateus Paixão