DestaqueEleiçõesGeral

Ratinho Junior vota contra nova gratificação para juízes e promotores

Na votação em plenário na sessão desta segunda-feira, 2, Ratinho Junior votou contra a criação de uma nova gratificação de até um terço dos salários de juízes e promotores do Paraná. “São projetos que acabam aumentando o investimento no Tribunal de Justiça (TJ) e Ministério Público (MP), que, obviamente, são órgãos importantes, mas neste momento de crise econômica que o país passa, não podemos tirar dinheiro de investimentos para o custeio destes órgãos”, justificou o deputado, logo após a votação.

“O Paraná é um estado que ainda tem bolsões de pobreza. Se não colocarmos isso como prioridade, o custeio da máquina pública continuará a consumir a maioria dos impostos arrecadados. Se o Poder Público gastar todo seu dinheiro com a manutenção da máquina, vai acabar protelando os investimentos em infraestrutura, em desenvolvimento social e econômico”, acrescentou.

Questionado sobre se não lhe causaria prejuízo político votar contra a base no atual momento da definição do quadro eleitoral, ele reforçou. “Não são projetos de base, são projetos que discutem o Paraná. Eu sempre tive um linha de independência nos meus quatro mandatos e, na minha visão, gastar mais em custeio da máquina pública não é saudável para a vida das pessoas”.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Close