CidadesDestaqueQuitandinhaÚltimas Notícias

Prefeitura de Quitandinha alerta sobre risco de compra de imóveis irregulares

A secretaria municipal de Desenvolvimento Urbano de Quitandinha está fazendo um trabalho informativo e de conscientização a respeito da comercialização de imóveis irregulares, como terrenos e chácaras. Com o objetivo educativo sobre a legalidade de imóveis, e a possibilidade de construção em determinadas áreas, a orientação é que as pessoas consultem a prefeitura antes de iniciar qualquer negócio imobiliário ou construção.

De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Sergio Tuchiski, a aquisição de um terreno irregular pode gerar grande prejuízos ao comprador. “Além de prejuízos financeiros, a impossibilidade de construção, resposta negativa para instalação de energia elétrica, fornecimento de água, multas, demolição e até problemas judiciais no caso de fracionamentos”, explicou.

Um dos principais problemas é a comercialização de lotes irregulares tanto no perímetro urbano como na área rural. Na cidade, vendedores buscam alternativas com cartórios de outras cidades para conseguirem contratos de compra e venda. No interior, os terrenos são comercializados com tamanho menor do que a fração mínima exigida por lei.

Propostas: o que devemos esperar do governo de Bolsonaro

+  Mandirituba se prepara para a primeira edição da Marcha para Jesus

A aquisição de imóveis em áreas irregulares pode gerar graves transtornos aos proprietários que vão desde a desvalorização significativa dos lotes, e a triste surpresa de não conseguir fazer uma ligação de água ou energia elétrica.

A prefeitura orienta que é fundamental ao comprador verificar se o lote tem a infraestrutura como: serviço de abastecimento de água e de energia elétrica, escoamento de águas pluviais, bem como o devido registro em cartório.

Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 3623-1231 ou pessoalmente no setor de engenharia da prefeitura.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...
Close