DestaqueEsportesPolícia

Polícia Militar prepara esquema de segurança para o clássico entre Paraná Clube e Atlético Paranaense na capital do estado

Por Marcia Santos
Jornalista PMPR

A partida entre Paraná Clube e Atlético Paranaense pela semifinal do Campeonato Paranaense, que acontecerá às 16h de domingo (24/04) no estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba, receberá as atenções da Polícia Militar com um esquema de policiamento para proporcionar mais segurança aos torcedores e às demais pessoas que transitarem pela cidade. Durante uma reunião realizada na sede do 20º Batalhão de Polícia Militar (20º BPM), pertencente ao 1º Comando Regional da PM (1º CRPM), nesta quarta-feira (20/04) com representantes da PM e das torcidas organizadas, foram definidos os horários de deslocamento das torcidas organizadas.

“Como já é padrão, principalmente nos clássicos de futebol, nós recebemos o apoio das demais unidades da Polícia Militar e todo o policiamento será voltado para a prevenção, desde a saída dos torcedores dos terminais de Curitiba até a entrada ao estádio onde ocorrerá o jogo”, disse o Chefe de Planejamento do 20º BPM e Comandante da operação, major Mario Lúcio de Paula Tatim.

As torcidas e os times serão escoltados pelos policiais militares com o apoio da Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 20º BPM, do Regimento de Polícia Montada (RPMon) e de um helicóptero do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). O 20º BPM terá apoio do 12º, 13º e 23º Batalhões da PM, do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do BPMOA. As equipes da Guarda Municipal reforçarão as atividades nos terminais e estações tubo da cidade.

Durante a reunião foi acertado que no dia do jogo a torcida atleticana terá até 12h30 para utilizar o transporte coletivo na ida ao estádio. Já os integrantes da torcida do Paraná Clube poderão se deslocar a partir de 13 horas. “Desde as primeiras horas da manhã, o policiamento será reforçado com viaturas e policiais militares, inclusive com o apoio aéreo”, explicou o major Tatim.

O diretor da torcida Fanáticos, Rafael Augusto, explicou que no jogo entre os times na Arena foi liberada somente a entrada da bateria, o que deve se repetir no Durival e Britto. Para ele, a expectativa é de que o clássico transcorra de forma pacífica. “Esperamos que os ingressos se esgotem, da nossa parte vamos fazer aquela festa para incentivar o time para a vitória, e queremos que o jogo seja tranquilo e nada de grave aconteça”, disse.

O presidente da Fúria Independente, Márcio Alexandre Silvestre, explicou que será permitida a entrada da bateria da torcida adversária no estádio. “Nós fizemos um acordo com eles [Fanáticos] no jogo passado e entramos com a nossa bateria na Arena. Nesse jogo vamos manter o acordo e a torcida do Atlético vai entrar com sua bateria na Vila Capanema”, falou. Para ele, o mais importante é que os torcedores possam curtir a partida com paz. “Queremos lotar o estádio e que a galera possa assistir ao jogo em paz, entrar e sair da Vila Capanema sem brigas e confusões”, afirmou.

A reunião foi presidida pelo Comandante do 20º BPM, tenente-coronel Dorian Nunes Cavalheiro, com a presença de integrantes do BPMOA, do BPTran, do BOPE e do RPMon. Também estiveram presentes o delegado da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), Carlos de Oliveira da Velha Netto, de representantes da Urbs, da Secretaria Municipal de Trânsito (SETRAN), da diretoria do Paraná Clube e das torcidas organizadas Fúria Independente (Paraná Clube), Fanáticos e Ultras (Atlético Paranaense).

*Colaboração: Jasson Wolff – Auxiliar de Comunicação

Curitiba, 14 de Abril de 2016, Reunião Futebol Paraná e Atletico no 13º BPM, Coronel Assunção, Fotos: Cabo Valdemir da Luz.
Fotos: Cabo Valdemir da Luz.
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content