Agenda CulturalCampo do TenenteDestaquePerfil

O carinho de quem foi acolhido: vindo da Lapa, o ex-prefeito Reinaldo Afonso Pereira fez sua vida em Campo do Tenente

Por: Gabriel Sawaf

“Sou nascido na Lapa em documento, mas o coração é tenentiano”. A frase dita pelo ex-prefeito Reinaldo resume muito bem a sua vida. Vindo da Lapa com sua família em 1961, ano da emancipação política do município, para morar na terra dos avós. Nem sempre uma figura nova na cidade consegue prestígio rapidamente. Porém, como a cidade ainda era recém emancipada, Reinaldo conseguiu se estabelecer bem e 11 anos após a sua chegada foi eleito vereador, com mais de 10% dos votos da cidade.

A carreira política de Reinaldo se desenvolveu junto com a cidade. Após seu mandato como vereador, assumiu como vice-prefeito, de 1976 até 1982. Depois se manteve no pleito eleitoral, até ser eleito prefeito da cidade em 1997, se mantendo até 2000, e voltando ao posto majoritário do município em 2005. Dentro das principais dificuldades dos seus mandatos, Reinaldo revelou a questão do problema social que ocorreu após a modernização de uma fabrica importante na cidade. “Muitas pessoas vinham para cá por conta de uma empresa de placas, que mantinha em torno de 700 pessoas empregadas. Ai foi modernizando o sistema e a empresa foi melhorando em termos de máquinas e dispensando  várias pessoas, que não tinham mais condição de voltar para suas cidades e ficaram no subúrbio da cidade, gerando um problema social”. Reinaldo constatou que em torno de 100 pessoas ficaram empregadas. A preocupação nos seus mandatos foi em atender as pessoas que foram sofreram com esses problemas. Em seu segundo mandato, conseguiu trazer mais empresas para auxiliarem nessa questão social. “Eu tive a sorte de conseguir trazer três empresas que estão até hoje ai, que ajudaram na geração de empregos e no desenvolvimento da cidade”, ressaltou.

O carinho dos tenentianos com Reinaldo pode ser visto nos últimos tempos. Ano passado o político iria concorrer novamente a eleição para prefeito, mas abandonou o pleito por não se sentir bem de saúde. Com o tempo, o problema se tornou mais grave e ai o carinho falou mais alto. “O que eu recebi de visita aqui na minha casa, o apoio junto a minha família e amigos, só quem tava aqui que viu. E as igrejas e entidades que fizeram várias orações por mim e eu tenho muito a agradecer. Fico muito feliz porque senti o apoio do povo tenentiano, de pessoas que até a gente nem esperava”, recordou, agora em recuperação de saúde. E como uma família, Reinaldo espera estar sempre ali para ajudar o povo como puder. “Podem sempre contar com a mão amiga deste companheiro do dia a dia, como sou hoje e sempre!”.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Verifique também

Close
Loading...