Na 3ª Etapa do Basquete em Cadeira de Rodas, associação anuncia interesse de participação fazendense no esporte

Por: Dayanne Wozhiak

A 3ª etapa do Campeonato Paranaense de Basquete em Cadeira de Rodas, que foi sediada em Fazenda Rio Grande, pela primeira vez, teve fim nesse domingo (1). Atletas de 9 cidades vieram disputar as importantes partidas e ficaram alojados em nosso município, concorrendo a uma vaga na final, que será em Guaratiba.

A abertura oficial do evento, realizada no sábado, às 18h no Estádio Gurizão, reuniu alguns admiradores do esporte, familiares e amigos dos atletas. O evento contou ainda com a apresentação oficial dos times e presença de autoridades como o presidente da Associação Fazendense de Deficientes Físicos (AFDF) Muriel Spaler, o prefeito de Fazenda Rio Grande Marcio Wozniack, os diretores de Esporte e Cultura Bruno Assis e Diego Gouveia e ainda vereadores locais.

Um dos atletas, Guilherme Alves Lourenço, 24 anos, que veio representar Maringá pelo time Kings, falou sobre o foco da equipe em disputar a final. Já classificados para as quartas de final, Kings é o único invicto no campeonato. “Tem todo um trabalho para chegar lá, mas são só dois times que chegam, então é muito bom estar entre eles, mas é uma responsabilidade”, disse.

Com relação à importância do esporte em sua vida, ele contou ainda que jogava basquete antes de sofrer acidente, mas que foi por meio da cadeira de rodas que ele se tornou profissional e passou a viver disso.

“O esporte é bom para o convívio social. Normalmente a visão que as pessoas têm é que uma pessoa com deficiência física vai ficar em casa, se aposentar, que a vida acabou. Mas muito pelo contrário. Com o esporte, a pessoa pode viajar, ter uma nova profissão, conhecer novos lugares, fazer novas amizades…”, afirma Lourenço, completando que, na quadra, ninguém se sente impossibilitado de nada, que todos são iguais.

Para o presidente da AFDF Muriel Spaler, o sentimento com relação ao evento é muito positivo. “Nosso sentimento é de missão cumprida. Faz quase um ano que nós estamos programando para que esse evento acontecesse. Teve muito trabalho, muita dedicação, envolvimento de muitas pessoas aqui conosco, desde voluntários até a diretoria do esporte, a diretora do colégio Abílio que serviu de alojamento”, disse o presidente.

Um destaque importante da etapa do campeonato foi anúncio da criação da primeira equipe fazendense de basquete em cadeira de rodas. O time que levará o nome “Puro Sangue”, fazendo menção à história do município, está em fase de formação e conta com o interesse de pessoas para ir em frente.

“Se você conhece alguém com deficiência, ou tem alguma deficiência e quer praticar esportes, nos procure no facebook!”, avisou Spaler. A intenção é levar o time ao campeonato paranaense do ano que vem e representar o município a nível estadual.