CidadesDestaqueFazenda Rio GrandeFazenda Rio GrandeFazenda Rio GrandePolíciaÚltimas Notícias

Mês de março teve alto índice de homicídios em Fazenda Rio Grande

O município de Fazenda Rio Grande passou por um período de 100 dias sem homicídios, porém, até o fechamento desta edição, já foram registrados nove* mortes violentas no mês de março, quase o dobro referente ao mesmo mês de 2017. Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (SESP), o ano de 2017 foi o mais violento no município dos últimos três anos (2016 a 2018).

Os dados mostram que em 2016, 42 mortes foram registradas por homicídio doloso, ou seja, quando há intenção de matar. O número aumentou em quase 23% no ano de 2017, quando 51 pessoas foram mortas em Fazenda Rio Grande. Porém, caiu em quase 50% em 2018, quando teve somente 25 assassinatos.

Neste ano, os dados mostram que 2019 pode estar caminhando para ter uma estatística semelhante à de 2017.  Até o momento, o município já contabilizou 18* homicídios dolosos, número quase semelhante ao mesmo período (janeiro a março) do ano retrasado, o qual registrou 20 mortes.

Homicídios FRG
Foto: Daniela Sevieri/Banda B

+ Com farto armamento, aluno de 14 planejava massacre em FRG

+ Jovem é morto a tiros enquanto conversava com amigos em FRG

O tenente Deiverson da 4ª CIA do 17º Batalhão da Polícia Militar de Fazenda Rio Grande explica que os últimos casos de assassinatos, a maioria está relacionado à criminalidade e que estes casos estão sendo investigados pela Polícia Civil. Porém, a PM trabalha a todo o momento para tentar combater a criminalidade e, consequentemente, diminuir os números de homicídios no município.

“O combate ao tráfico de drogas impacta diretamente na redução dos homicídios. Este comando, desde que assumiu a frente da Companhia, visando uma participação da comunidade na segurança pública, procurou realizar palestras junto ao CONSEG do município, com distribuição de cartilhas voltadas ao morador urbano, rural e segurança da mulher, com o objetivo de mudança dos hábitos, sempre buscando a denúncia nos canais oficiais como Disque-Denúncia 181 ou 190”, relata.

Sobre o panorama da segurança em Fazenda Rio Grande, o tenente fala dos resultados positivos que o município vem colhendo: “O município que mais sofreu com aumento de sua população teve um decréscimo nos homicídios de 37%. Obviamente há muito trabalho a ser realizado na área da segurança pública, entretanto vemos os órgãos públicos interessados na busca de resultados, trabalhando de maneira integrada”.

Apesar dos números indicarem um início de ano parecido com 2017, o tenente Conrado da 4ª CIA do 17º Batalhão da Polícia Militar afirma que a Companhia está trabalhando para inibir a criminalidade e, também, o aumento de homicídios no município.

“Estamos trabalhando para que isso não ocorra. Além das operações de rotina, nós temos intensificado. Conseguimos criar mais uma rádio patrulha para trabalhar 24h no município, um a mais que a gente já tinha”, complementa.

 

*estes dados não são oficiais da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (SESP). Os números foram contabilizados pela equipe do O Repórter.

 

Por: Riana Carvalho
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...