CidadesDestaquePiênPiênPiênPolíticaÚltimas Notícias

João Padeiro define secretários para mandato tampão em Piên

Eleito prefeito em eleição extraordinária, João Osmar Mendes, o João Padeiro, estará à frente da prefeitura de Piên até 31 de dezembro de 2020. Mas os trabalhos já começaram antes mesmo de assumir a chefia do Poder Executivo. O primeiro passo está sendo definir os nomes que comporão a equipe de secretários municipais. Pelo organograma, atualmente a prefeitura tem as secretarias de Administração e Finanças, Agricultura e Meio Ambiente, Assistência Social e Defesa Civil, Coordenadoria de Controle Interno, Desenvolvimento Econômico, Educação, Esporte, Cultura e Lazer, Governo, Planejamento, Obras e Urbanismo, Procuradoria Jurídica, Saúde e Viação e Serviços Rodoviários.

Em contato com nossa editoria de política, João Padeiro disse que vem definindo a equipe de secretários, os quais serão escolhidos por critérios técnicos. Mas antes de confirmar nomes, João disse que uma reforma administrativa é um dos compromissos assumidos junto aos apoiadores de campanha e população. “Temos que seguir exemplos de muitas prefeituras e do próprio governador eleito Ratinho Junior que prometeu enxugar a máquina administrativa, com o corte de secretarias. E Ratinho cumpriu o que prometeu. Estamos analisando isso, mas podemos unificar algumas pastas, com o objetivo de economizar. Afinal, vivemos um momento difícil e temos que partir por este caminho”, confidenciou. “Temos que driblar a crise, sem repassar o ônus para a população. Para isso, temos que cortar os gastos, inclusive com a dispensa de cargos em comissão. São medidas duras, mas necessárias”, disse João. Ele afirma que, com a supressão de secretarias e cargos em comissão, a economia será significativa.

João Padeiro e Pedro Zanqueta, eleitos no último domingo
Foto: O Repórter

+ João Padeiro vence e é o novo prefeito eleito de Piên

Para não cometer injustiça, João, mesmo antes de tomar posse, avalia o desempenho de cada pasta, levando em conta a relevância para a comunidade. Antes de assumir, o prefeito eleito pretende adotar uma estratégia de contenção de gastos. Uma das possibilidades é não nomear funcionários para todos os cargos comissionados. Se as vacâncias não interferirem nos trabalhos diários, poderá haver eliminação de cargos.

Mas a economia não será apenas com a folha de pagamento. Padeiro disse que vai rever contratos de serviços terceirizados, para que os recursos municipais sejam aplicados corretamente, sem desperdícios. Ao mesmo tempo que agradece o apoio recebido nas urnas, João afirma que fará uma administração 100% voltada para a população. “Vamos promover um governo popular”, finaliza João Padeiro.

 

Da Redação
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Verifique também

Close
Skip to content