Campo TenenteDestaqueVideos

Fuscão Quege, o vereador que Campo do Tenente apoia!

À frente do Legislativo do município há quase 10 anos, o vereador Fuscão Quege se sente realizado com a aprovação da população tenentiana

Por: Riana Carvalho

Campo do Tenente é um desmembramento do município de Rio Negro e comemora-se o seu aniversário em 25 de janeiro de 1961. Com pouco mais de 7.800 habitantes, segundo o último levantamento do IBGE, o lugar reserva muitas histórias e, dentre elas, a política municipal. Vários políticos já passaram pelas cadeiras da Câmara Municipal de Vereadores, mas para ficar na memória dos tenentianos, são poucos. Um deles é Fuscão Quege.

Paulo Renato Quege, mais conhecido como Fuscão, foi eleito como vereador pela primeira vez no ano de 2000. Nesta época, ainda desconhecido como político pelos moradores, ele foi o segundo mais votado. Sua gestão agradou, e de segundo mais votado, passou para o primeiro com mais aprovação.

“No primeiro mandato, [fui] o segundo vereador mais votado do município, e na sequência, já estou no quinto mandato, fui o mais votado do município. Uma alegria para mim essa retribuição que a população dá no trabalho que a gente faz no dia-a-dia”, conta, com orgulho, Fuscão.

Desde então, ele não saiu mais da casa de leis. Fechando dez anos como presidente da Câmara Municipal, muitos projetos já saíram dali e ele relembra de um que foi importante para o desenvolvimento do município. “Durante esse tempo na política, teve vários projetos que eu pude contribuir, mas um dos que eu considero mais importante foi a rede de esgoto, o saneamento básico”. Além disso, faz questão de exaltar sua participação em alguns privilégios para os funcionários municipais.

“Estive a frente do executivo no ano de 2015 por um mês, o qual eu pude contribuir ao funcionalismo público, aos nossos funcionários da prefeitura que, sem eles, não somos nada. Então um dos projetos que eu pude entrar foi a licença prêmio e a licença aniversário para cada funcionário do município”.

Além de vereador, Fuscão é irmão do atual prefeito, Jorge Quege, mas ele garante que não são os laços familiares que mantém a ordem entre o Executivo e o Legislativo, e sim o companheirismo entre os edis. “Nós sempre mantemos o respeito, respeitando opinião de cada vereador, se pede uma informação, requerimento, sempre foi aprovado. Então esse diálogo no dia-a-dia e o companheirismo de cada um, eu acho muito importante”.

Nos últimos meses, muitos vereadores se reuniram para protestar contra o aumento abusivo de 12% na tarifa da Sanepar. Um dos pioneiros na região a entrar com projeto contra esse reajuste foi Fuscão. O aumento não aconteceu, no entanto, a companhia de água quer cobrar um taxa mínima de uso. Ele está lutando para derrubar, também, essa cobrança.

“Eu entrei com um projeto, aprovado por unanimidade pelos vereadores, o qual a taxa mínima era de 5 [metros cúbicos de água] e entramos com projeto limitando somente o que a população gasta. A população, não somente de Campo do Tenente, mas de todo o Paraná vai ganhar tendo essa vitória”, explica.

E sobre o trabalho que os edis têm feito neste ano, Fuscão manifesta-se feliz com o desempenho do legislativo: “Este ano, nós tivemos, nesses quatro meses, 6 projetos do legislativo, 17 requerimentos do legislativo e 19 do executivo e tivemos 10 indicações que os nossos vereadores fizeram ao prefeito municipal”, finaliza.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...