CuritibaDestaqueEsportesSérie A

Furacão perde em casa para o São Paulo

Equipe Rubro-negra não conseguiu superar a forte equipe do treinador paranaense Cuca

Bruno Guimarães (com a posse de bola) declarou após a partida que empate seria o resultado mais justo

POR LÉO SOUZA

O Athletico-PR não conseguiu fazer o dever de casa e perdeu, por 1 a 0, para o São Paulo-SP, na noite desta quarta-feira (21), na Arena da Baixada, em Curitiba. A partida era atrasada da 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. A equipe rubro-negra se manteve na oitava colocação, com 22 pontos. Foi a quinta vitória consecutiva do Tricolor paulista, que chegou à quarta posição, com 30 pontos.
E foi a partir de um contra-ataque muito bem executado que o São Paulo aproveitou para abrir o placar, após bola perdida pelo atacante paraense Rony. Vítor Bueno deslocou o goleiro Santos e mandou a bola no alto do canto esquerdo do guarda-rede atleticano.
Depois da partida, os jogadores do Furacão consideram o resultado injusto. “Acredito que poderíamos ter tido um resultado melhor, sim. Principalmente o empate. No final, tivemos várias bolas levantadas na área. Faltou caprichar na finalização. Mas tem jogos em que parece que a bola não quer entrar”, lamentou Bruno Guimarães, em entrevista coletiva após a partida.

PRÓXIMO JOGO
Grêmio-RS x Athletico-PR,sábado (24), às 16 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA

ATHLETICO-PR 0 X 1 SÃO PAULO-SP
Competição: Campeonato Brasileiro – Série A – 13ª rodada
Data: 21/08/19 – quarta-feira
Horário: 19h15
Local: estádio Joaquim Américo, Curitiba

Gol: Vítor Bueno, aos 39′ do 1º tempo
Renda: R$ 765.475,00
Público: 21.526 espectadores

Árbitro: Daniel Nobre Bins (RS). Assistentes: José Eduardo Calza (RS) e Lucio Beieersdorf Flor (RS)
Cartões amarelos: Wellington e Thonny Anderson (Athletico); e Arboleda e Reinaldo (São Paulo)

Athletico: Santos; Madson, Léo Pereira, Pedro Henrique e Adriano; Wellington (Tomas Andrade), Bruno Guimarães, Marcelo Cirino e Nikão; Rony (Marco Ruben) e Thonny Anderson (Vitinho).
Técnico: Tiago Nunes

São Paulo: Tiago Volpi; Igor Vinicius, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Tchê Tchê, Liziero (Léo) e Daniel Alves; Antony (Juan Fran), Vitor Bueno (Willian Farias) e Raniel.
Técnico: Alexis Stival (Cuca)

Imagem: Miguel Locatelli – Site Oficial do CAP

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content