CidadesDestaqueFazenda Rio GrandeFazenda Rio GrandeFazenda Rio GrandePolíciaÚltimas Notícias

Filho é suspeito de matar o pai e deixar a mãe gravemente ferida em FRG

Um caso difícil de acreditar marcou a noite desta quarta-feira (29), em Fazenda Rio Grande. A Polícia Militar foi acionada para atender um suposto latrocínio – roubo seguido de morte – no bairro Jardim Eucaliptos, porém a história não é bem essa. O principal suspeito de matar o homem e ferir gravemente a mulher que residiam no local do crime é o próprio filho do casal.

O filho, um homem de 40 anos, teria avisado um motorista de aplicativo sobre o suposto crime, como contou a Tenente Jéssica, da PM, à Banda B. “O Uber nos chamou dentro da companhia falando sobre o caso, com o filho tendo afirmado que três suspeitos fizeram o crime em um assalto. Quando chegamos na residência, o senhor estava morto e a senhora gravemente ferida, já com perda de massa encefálica”.

Suspeito do crime
Foto: Polícia Militar

Na casa onde tudo aconteceu, a equipe da PM encontrou o filho do casal com marcas de sangue em suas roupas e corpo, o que reforçou, ainda mais, a ação do suspeito. “Ele tinha várias marcas nas vestimentas e estava alterado. Alega que lutou com os supostos ladrões, mas não tem nenhum ferimento. Como vizinhos informaram sobre frequentes agressões do filho contra os pais, ele foi detido para que a Polícia Civil investigue”, explicou a tenente.

Segundo os próprios vizinhos, o suspeito, que tem passagens por tráfico de drogas e furtos, era uma pessoa violenta, principalmente, com os pais. “É um rapaz drogado, de longa data. Hoje à noite ouvimos os gritos e ele começou a gritar que foi assalto, mas acreditamos que é tudo mentira. Ele matou o pai e a mãe ficou ferida”, afirmou.

O corpo da vítima, Idevor Fumagali, de 73 anos, foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba. Já a mulher, de 67 anos, foi socorrida com risco de morte ao Hospital do Trabalhador.

Da redação – (informações Banda B)
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...