DestaqueFazenda Rio GrandeGeral

Empresários de Fazenda Rio Grande participam do Varejo Mais em Ação

O programa lançado nessa terça-feira vai capacitar micro e pequenos empresários e estimular o desenvolvimento local

Crédito: Divulgação / Sebrae/PR

O Sebrae/PR e a Fecomércio PR realizaram nessa terça-feira (13), em Fazenda Rio Grande, o lançamento do Varejo Mais em Ação, programa que capacita empresários com foco na melhoria da gestão e negócios. O evento de lançamento foi realizado na sede da Acinfaz, em Fazenda Rio Grande, e contou com a apresentação do programa e com uma palestra sobre “Os Novos Desafios do Comércio Varejista”, ministrada pela consultora Fernanda Pesarini.

Empresários participantes receberão cursos e palestras nas áreas de áreas de visual de loja, vendas, finanças, mídias sociais e gestão de equipes, além de consultorias individuais. Ao todo, 30 micro e pequenos negócios participarão do programa que conta com o apoio da Acinfaz, do Sicredi, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Fazenda Rio Grande, Sindilojas e Unifacear.

Para a consultora do Sebrae/PR, Fernanda Pesarini, o principal objetivo é tornar o comércio local ainda mais valorizado. “Com a capacitação dos empresários, as empresas vão passar a movimentar ainda mais o entorno onde estão inseridas. Queremos que os moradores de Fazenda Rio Grande possam usufruir de serviços de grande qualidade dentro de sua própria cidade, o que ajuda no desenvolvimento local. Todos se beneficiam”, afirma.

Paikan Salomon de Mello e Silva, assessor da presidência da Fecomércio PR, diz porque Fazenda Rio Grande foi escolhida para ser uma das 25 cidades paranaenses a receber o programa. “Percebemos o perfil engajado e comprometido dos empresários locais, por isso a justificativa da escolha. No Varejo Mais, os participantes encontrarão o que há de melhor em metodologia e capacitação. Trata-se do melhor curso do portfólio da parceria Fecomércio PR e Sebrae/PR, que existe desde 2004 e está em constante atualização para atender as demandas reais dos comerciantes”, reforça.

O programa é voltado para diferentes setores do comércio como vestuário, acessórios, pet’s, alimentos, utensílios, eletroeletrônicos, móveis, farmácia, autopeças, materiais de construção, beleza e saúde (salão de cabelereiro, empresas de esteticistas, oficina mecânica), serviços de manutenção e de revenda de produtos, minimercados, mercearias, padarias, entre outros.

Segundo o gerente da Acinfaz, Giulliano Andrade Gomes, o programa é adequado para todos os empresários em diferentes estágios de desenvolvimento dos negócios. “Temos empreendedores que abriram recentemente e que precisam dessa capacitação e de mais informações para aprimorar seus negócios. Mas, além deles, existem os empresários mais experientes que já possuem uma formação e que podem aproveitar o programa para se atualizar e conseguir se diferenciar no mercado”, explica.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content