Agudos do SulCidadesDestaquePolíticaÚltimas Notícias

Adolescentes eleitos no Parlamento Jovem de Agudos do Sul, já começaram a apresentar ideias

Da assessoria

A primeira sessão ordinária do Parlamento Jovem de Agudos do Sul foi realizada nesta quarta-feira (25). Mostrando trabalho, os jovens já apresentaram dois Projetos de Lei e mais três Indicações, todos aprovados pela maioria.

De autoria da vereadora jovem Agatha Guerreiro Schueda, o PL 01/2018 propõe o ensino da Lei Maria da Penha nas escolas municipais. Já o PL 02/2018 propõe a criação da Feira Livre do Agricultor Familiar e é de autoria do vereador jovem Gabriel Rocha. Ambos os projetos foram aprovados por unanimidade em primeira votação.

A indicação 03/2018, de autoria do vereador jovem Calebe Luiz, trata da criação de uma Central de Segurança no município. Proposta pelas vereadoras jovens Julia e Andreina, a indicação 04/2018 solicita maior fiscalização aos vendedores ambulantes. A última indicação, 05/2018, da Presidente Maria Luiza, solicita contratação de psicólogos nas escolas municipais.

Leia mais:

Conheça os adolescentes escolhidos para o Parlamento Jovem de Agudos do Sul

O papel do vereador em relação ao executivo

Todas as indicações foram aprovadas por unanimidade também, com exceção da 04/2018, que teve 6 votos favoráveis e 2 contrários.

O projeto Parlamento Jovem é uma iniciativa do vereador e presidente da Câmara Legislativa Jessé Zoellner. É um projeto-piloto, no qual os estudantes do Colégio Rui Barbosa podem participar da política, propondo ideias.

A próxima sessão será na quarta-feira (1º), às 9h30, sempre na Câmara Municipal.

Tags
Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...
Close