ColunistasPonto de Vista

Desculpa Marielle

Que sua alma esteja no lugar que ela merece, no justo lugar que você teve a opção de escolher
enquanto esteve aqui nesta terra. Com todo respeito a sua memória e ao sentimento da sua
família, que as forças policiais consigam êxito na investigação, bem como nas investigações de
milhares de outros crimes tão quanto ou mais bárbaros que seu caso, mas acho que esse
assunto já deu né.

Obvio que não podemos menosprezar o crime, assassinato é assassinato, mas não
exclusividade da falecida vereadora ter sua morte não desvendada. Não somos hipócritas e
sabemos os motivos da mídia endeusar esta nobre desconhecida até então, mas infelizmente a
mídia não contextualiza, transmite o que lhe interessa apenas e da forma que lhe interessa.

Parece que chegaram aos executores mas não aos mandantes, executores estes do pior nível
possível, são milicianos e milicianos para quem não sabe, são grupos que se mantêm com os
recursos financeiros provenientes da extorsão da população e da exploração clandestina de
gás, televisão a cabo, máquinas caça-níqueis, agiotagem, ágio sobre venda de imóveis. Estes
grupos são formados por policiais, bombeiros, vigilantes, agentes penitenciários e militares,
fora de serviço ou na ativa.

Muitos milicianos são moradores das comunidades e contam com
respaldo de políticos e lideranças comunitárias locais Vocês sabem quem são as lideranças
comunitárias dos morros que contratam os milicianos para fazer os serviços sujos? Estes
mesmos amigos leitores! Obvio que a morte da vereadora interessava a alguém muito
poderoso, ela era uma pedra no sapato de alguém, mas ela era “café pequeno” diante do que
acontece naquela terra.

Apenas uma vereadora que não gostava da polícia, alinhada à
esquerda, pertencente ao mesmo partido do camarada que tentou matar o então candidato
Bolsonaro, com ideologia de esquerda, blindada por ações populares e populistas nos morros,
que com algumas ajudas de alguns lugares veio a ser eleita vereadora, nada além disso.

Agora a mídia que desculpa, mas tentar socar goela abaixo o status de heroína uma pessoa
que defende aborto, acha que negro é humano inferior e precisa de proteção, envia projeto
para que a guarda municipal não use arma de fogo, é contra intervenção militar nos morros
para acabar com o tráfico, defende uso de maconha.

Essa postura interessa a que tipo de gente? Não abusem da nossa inteligência! O positivo dela é o exemplo de político que não abaixa a cabeça perante suas ideias, isso é bom, mas é isso. Sejamos sensatos, já deu esse assunto, agora esperamos que a mídia dê a mesma importância a outras centenas de casos iguais e sem solução, onde famílias choram por seus entes e são tratados com indiferença pela
mídia e pela sociedade.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...