Piên

CRAS de Piên realiza caminhada de mobilização do dia nacional de combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes

18 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória/ES, um crime bárbaro chocou todo o país e seu desfecho escandaloso seria o símbolo de toda a violência que se comete contra crianças e adolescentes.

Naquele ano, Araceli Cabrera Sanches Crespo, que tinha apenas 08 anos de idade, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família do Estado do Espírito Santo.

Seu corpo foi encontrado seis dias depois, totalmente desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória.

O caso ficou impune. A família da menina silenciou diante do crime e a sociedade também.

A proposta do “18 de Maio” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos de crianças e adolescentes.

O CRAS de Piên promoveu, pelo terceiro ano consecutivo, duas caminhadas de mobilização para sensibilizar a sociedade em geral sobre a gravidade da violência sexual.

Ambas as caminhadas aconteceram no dia 18 de maio. A primeira delas em Trigolândia, as 09:00 horas, com saída da Escola Municipal Alminda Antônia de Andrade até as proximidades da Empresa Famossul. E, no período da tarde, as 13:30 horas, no Centro de Piên, com saída do CRAS até a Praça da Paz.

Aproximadamente 850 pessoas participaram das caminhadas.

É necessário denunciar e responsabilizar os autores de violência sexual contra a população infanto-juvenil. Porque quem não denuncia, também violenta.

Para denunciar, podemos procurar o Conselho Tutelar do nosso município ou ligar para o Disque 100, serviço de recebimento, encaminhamento e monitoramento de denúncias de violência contra crianças e adolescentes.

 

DSC04181

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...
Close