CidadesDestaqueEspecialPiênPiênPiênPolíticaÚltimas Notícias

Conheça a trajetória de Livino Tureck, que faleceu nessa semana

Após passar por cirurgias e diversos problemas de saúde, Livino Tureck, que era prefeito de Piên, faleceu. Ele estava internado no Hospital Erasto Gaertner, em Curitiba, devido a uma úlcera. Chegou a realizar uma cirurgia de emergência no dia 9 e, desde então, sua situação se complicou. Livino acabou falecendo por volta das 15h da última terça-feira (20), enquanto aguardava uma vaga na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele tinha 54 anos.

Todos na região estão muito abalados com o acontecimento. Empresas encerraram o expediente e escolas suspenderam as aulas. Diversos políticos lamentaram a perda. Entre eles, a governadora Cida Borghetti se pronunciou, por meio de nota, ressaltando o quanto Livino era batalhador e compromissado com a vida da população.

Durante a sessão no legislativo de Mandirituba, os vereadores lamentaram o ocorrido e falaram do quanto Livino era batalhador. A sessão em Piên foi suspensa. “Ele sempre estava positivo nas reuniões, buscando melhorias pra cidade. Então a gente fica muito triste. Por perder uma pessoa como ele e pela cidade também”, afirma Guilherme Chupel, presidente da Câmara de Mandirituba. Os demais vereadores ressaltaram a humildade, o bom humor e a luta de Livino pela vida.

Em nota, a prefeitura de Piên lamentou a perda e declarou luto oficial de cinco dias. Até a sexta-feira (23), as repartições públicas ficaram fechadas. Presidente da Câmara e atualmente prefeito da cidade, Eduardo Pires também lamenta o falecimento de Livino e comenta que, apesar das dificuldades, ele sempre foi muito dedicado e atencioso para com a população. Tanto que, mesmo sendo de oposição no partido político, eles sempre trabalharam juntos.

+ Morre Livino Tureck, prefeito de Piên

+ Funcionária de Tijucas do Sul emprestada para Foz do Iguaçu gera polêmica

Livino Tureck deixa a esposa Jucélia Tureck e os dois filhos Heloana e Matheus. Deixa também o legado do gestor público que começou a vida de uma forma simples.

Trajetória de Livino

Nascido em 22/02/1964, em Agudos do Sul, Livino passou a infância e adolescência trabalhando na lavoura. Conquistou uma lanchonete na cidade, onde trabalhou até juntar alguns “troquinhos” para comprar um Posto de Combustível (hoje o Posto Milcheski, que pertence a outra pessoa).

livino tureck

Mais tarde, comprou outro Posto em Trigolândia e mudou-se para Piên. Entrou para a política em 2009, como vice-prefeito na chapa com Gilberto Dranka. Atencioso e brincalhão, recebia as pessoas na subprefeitura de Trigolândia e foi aí que começou a se tornar conhecido da cidade.

Em 2013, quando Dranka se reelegeu, Livino começou uma batalha pela vida. Com câncer de boca, ele teve várias complicações na saúde, mas venceu tudo com muita força e humildade, após longos meses. Em 2016, assumiria a prefeitura ao lado de Loir Dreveck, mas o recém eleito prefeito foi assassinado antes de ser empossado.

Livino assumiu a prefeitura e segundo todos à sua volta, dava o seu melhor pela cidade. Atualmente, estava afastado do cargo para tratar da saúde. Sofreu um acidente em Santa Catarina em 31 de outubro, mas nada grave. Em seu lugar, assumiu o presidente da Câmara Legislativa Eduardo Pires, que agora deve permanecer no cargo até segunda ordem.

Por: Dayanne Wozhiak

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...