DestaqueSaúde

Coletor menstrual, usar ou não?????

Nos últimos anos, muitas brasileiras se tornaram adeptas do coletor menstrual, mesmo assim o assunto ainda é um tabu para a maioria das mulheres. Inclusive, se esta for a primeira vez em que você ouve falar em coletor menstrual, saiba que ele existe desde a década de 30. O coletor menstrual é um copinho de silicone hipoalérgico e antibacteriano, de uso individual ajustável ao corpo e que coleta o sangue da menstruação. Ele é maleável, o que facilita sua inserção na vagina. Diferente do absorvente interno, que é inserido ao fundo do canal vaginal, o coletor fica logo no início do canal vaginal. Segundo o Tocoginecologista obstetra Paulista, Gustavo de Paula Pereira com o coletor, a mulher pode malhar, correr e até nadar. Entretanto, nos dias de fluxo intenso, o indicado é praticar esportes com menor impacto.

Os copinhos são fabricados com material hospitalar e são hipoalergênicos, tornando-os indicados para mulheres que sofrem com alergias na área íntima durante o uso de absorventes externos e internos.

 Existem nove tipos de dobras diferentes para facilitar a inserção do coletor menstrual, o indicado é ir testando até encontrar a mais simples e confortável.

A higienização deve ser feita somente com água fria e sabão neutro,recomenda-se também que, a cada ciclo, ele seja limpo com água fervente. Na hora de guardá-lo use um saquinho ou recipiente seco e arejado para evitar a proliferação de bactérias e fungos.

Não se recomenda o uso para mulheres que nunca tiveram relações sexuais, pois existe o risco de rompimento do hímen durante a sua introdução ou retirada do dispositivo. A durabilidade do produto é aproximadamente 3 anos, quando deve ser trocado ou caso a paciente perceba que o copinho está com alguma rachadura ou rugosidade. No Brasil, os preços variam R$ 23,00 e R$ 90,00 e pode ser encontrado em algumas farmácias (lojas físicas) ou pela internet. O tamanho varia, existem marcas que oferecem até quatro tamanhos de coletor menstrual, mas a maioria vende apenas dois tamanhos. Se for colocado corretamente, não corre risco de o sangue vazar, a menos que a mulher tenha um fluxo muito intenso. Muitos ginecologistas aprovam e incentivam o uso do coletor, defendendo-o como melhor opção inclusive para casos de mulheres que apresentam reação alérgicas aos outros tipos de absorventes, por ser econômico e ecologicamente correto. Já outros, desaprovam o uso, defendendo que na era moderna, não faz sentido o reaproveitamento de algo que é colocado dentro do corpo se pode-se utilizar o descartável. Agora, mediante todas as informações que se tem sobre o produto, cabe a você a decisão de experimentar o seu uso e avaliar os prós e contras do coletor em relação ao uso dos absorventes tradicionais.

Por: Nelcelí Garcia

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content