Agenda CulturalCampo do TenenteDestaqueEconomia

Após dificuldades sociais, Campo do Tenente tenta se estabilizar para se desenvolver ainda mais e garantir um futuro melhor para os moradores

Por: Gabriel Sawaf

Campo do Tenente conta atualmente com uma população de aproximadamente sete mil pessoas. Em 56 anos de história, o crescimento populacional se deve muito as oportunidades de emprego que havia no município. Primeiramente com a estrada de ferro e depois com a empresa de placas. Porém, nem todos que vieram continuaram empregados e isto gerou um problema social na cidade, como relatou o ex-prefeito Reinaldo. “As pessoas não tinham mais condição de voltar para suas cidades de origem e se instalaram no subúrbio da cidade”. Com o passar do tempo, a situação foi mais equilibrada, mais ainda tem chão para percorrer.

O atual prefeito do município, Jorginho Quege, tem uma opinião bem formada sobre o assunto. “Eu sempre falo que nossa cidade é a melhor do mundo para se morar, mas temos que ver a questão de emprego, temos que trabalhar pensando no futuro das crianças que estão nas escolas, no que elas vão trabalhar”. O prefeito garante que isto está sendo bem trabalhado para se juntar  as ações da Prefeitura com a Câmara dos Vereadores. “Nós estamos trabalhando muito junto com a Câmara para a geração do emprego. Nós estamos muito bem localizados, com uma localização privilegiada, e vamos trabalhar para gerar empregos”, afirmou.

O maior empregador da cidade hoje é a Bortolon Agrocomercial, que trabalha na colheita de maças, sendo o maior produtor da fruta no estado inteiro. O gerente administrativo geral da empresa. Rudimar Selzlein, relatou que a possibilidade da colheita antecipada foi o que trouxe esse tipo de cultura para a cidade “Aqui começamos a colher a safra em dezembro, enquanto em outros lugares só é feita em janeiro”. Para a safra desse ano são esperadas que mais de 4000 toneladas de maças sejam produzidas comente no solo tenentiano. A empresa emprega em média nessa época do ano 500 pessoas, dado que já chegou a 700, ou seja, quase 10% de toda população do município. “Aqui há geração de emprego na colheita, na locação de máquinas e no transporte do produto”, ressaltou Rudemar.

Uma aposta que vem se firmando atualmente no município é a do comércio local. A Associação de Comerciantes de Campo do Tenente está promovendo uma campanha de final de ano com os estabelecimentos da cidade que irá sortear uma moto, uma televisão e uma bicicleta, focando no fortalecimento no comércio e da indústria, para a geração de empregos. O presidente da associação, Mauro Barros, reforça que a campanha também serve para alavancar as vendas do comércio local. “A gente tem o seguinte lema: comércio forte, cidade feliz. Pois com isto os empresários continuam investindo o dinheiro deles aqui, gerando empregos para a população e pagando os seus impostos, que revertem em benefícios a população”, destacou Mauro.

As melhorias já podem ser vistas aos poucos. Neste ano mesmo a cidade inaugurou a nova sede da Prefeitura e tem vários projetos para o futuro, como a construção de uma praça na frente da mesma. Assim, com esse desenvolvimento em conjunto de todos os setores, Campo do Tenente tem tudo para crescer e ser cada vez melhor para os seus moradores.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Loading...