BrasilDestaqueParanáPolíticaÚltimas Notícias

Pré-candidato à presidência, Álvaro Dias apresenta suas propostas para o Brasil

O Roda Viva da última segunda-feira (4), teve em seu centro, o pré-candidato à Presidência da República pelo partido Podemos, Álvaro Dias. Em pauta, seus planos para o Brasil caso vença as eleições de 2018. Com apresentação de Ricardo Lessa e desenhos do cartunista Paulo Caruso, o candidato falou de vários assuntos, especialmente de projetos que poderão transformar o Brasil num País possível de se viver.

“Muita coisa precisa ser feita pelo Brasil. Do jeito que está, não dá”, resumiu Dias. Apesar de ser considerado Bicho do Paraná, Álvaro nasceu em Quatá – SP, no dia 7 de dezembro de 1944.

Governo revisa aumento e salário mínimo deve ficar abaixo de R$ 1 mil

Dívida do Governo Federal com o SUS sobe para R$ 20,9 bilhões

Dos pré-candidatos à Presidência da República, Álvaro Dias é que teve mais tempo dedicado à política, visto que iniciou sua carreira como vereador de Londrina pelo MDB, em 1969. Avançou na vida pública ocupando os cargos de deputado estadual e federal e, posteriormente, foi governador do Paraná, entre 1987 e 1991.

Foi eleito, ainda, para o cargo de senador em quatro oportunidades. O pré-candidato também circulou por diversos partidos, passando por MDB, PSDB, PV e PDT. Em julho de 2017, filiou-se ao Podemos (antigo PTN) para liderar o projeto presidencial da legenda em 2018. Álvaro Dias foi o quinto entrevistado do Roda Viva na série de pré-candidatos à Presidência da República. Já passaram pelo programa Marina Silva, Guilherme Boulos, João Amoêdo e Ciro Gomes.

Foto: Waldemir Barreto – Agencia Senado

Ele planeja a “refundação da República”, listando como principais itens do seu plano de governo a substituição do atual sistema de governança, a revisão do pacto federativo e diversas reformas para impulsionar o País. O candidato disse que tem um plano de governo para todo o País, mas observou que fará muito pelo Paraná.

“Fiz muito pelo Paraná em meus mandatos e, como presidente, certamente o farei ainda mais, pois é um Estado pujante, que necessita de maior atenção do governo federal”, finaliza.

Por: Silva Junior

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Close