DestaqueLutoMandirituba

Acidente na BR-116 próximo ao trevo de Mandirituba deixa quatro gravemente feridos e a esposa de um GM acaba não resistindo e falecendo no local

Da redação

Um grave acidente de trânsito acabou ocasionando a morte da esposa de um guarda municipal de Mandirituba e deixou ele e outras três pessoas gravemente feridas. A batida entre os dois carros foi por volta das 20h desse sábado (19), no km 140 da BR-116, próximo ao trevo de Mandirituba.

De acordo com uma testemunha que não se identificou e que foi até o local ao saber do acidente, o guarda municipal Alessio, que dirigia um Vectra, teria sido jogado para a contramão da via por um caminhão. Nesse momento, ele acabou colidindo contra um Celta, onde estavam uma mulher e duas crianças. O Celta ia em direção a Curitiba e o Vectra, para Mandirituba.

Com a batida, a esposa do GM, Elizângela da Rosa, que era funcionária pública, acabou não resistindo e morrendo na hora. Os outros quatro envolvidos no acidente também ficaram feridos e foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador.

Em postagem no perfil do Facebook, a secretária de Defesa Social Fransuiele Claudino, de quem Alessio é subordinado, disse que o GM já está fora de perigo e que, a princípio, não há fraturas nem implicações maiores. “Em nome de toda corporação agradecemos todos pelas orações e solidariedade com nosso Guerreiro. Que Deus lhe conceda forças para superar a perda de sua esposa…”, disse ela, na rede social. A Guarda Municipal do município segue em luto pela tragédia.

Outra pessoa que passou pelo local após o acidente, mas não quis se identificar, disse que não foi fácil presenciar o momento. “Cada grito que aquele menino dava, doía em mim”, disse ele, referindo-se a uma das crianças que estava no veículo Celta.

A equipe do jornal O Repórter que tem um convívio diário com o GM Alessio, lamenta profundamente o ocorrido. Pedimos a Deus que, em sua infinita misericórdia, conforte o coração dos familiares da Elizangela. Esperamos também que o amigo Alessio se recupere o mais breve possível.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Skip to content