ColunistasGeralGeralLingua de Trapo

Língua de Trapo edição 416

Língua de Trapo edição 416

O prefeito de Fazenda Rio Grande, Márcio Wozniack, enviou documento à Câmara de Vereadores, informando que estará ausente do município, entre os dias 25 e 30 deste mês. Vai participar em Santiago, no Chile, do Congresso Latino-americano de Prefeitos e Autoridades Locais. Como serão apenas 5 dias de ausência, não existe a necessidade da transmissão de cargo ao vice-prefeito Silvestre da DBS. A informação é da assessoria de imprensa da Barrosa.

E o prefeito eleito João Padeiro, após comemorar a vitória nas urnas, na eleição extraordinária acontecida em Piên, picou a mula. Foi para um local incerto e não sabido tirar alguns dias de férias. Merecido. Afinal, dia 5 de abril já está aí e ele precisa estar tranquilo ao assumir a Prefeitura de uma cidade que, apesar de pacata, passou por diversos problemas nos últimos anos.

Ainda o João Padeiro, na sua caminhada rumo a prefeitura de Piên, encontrou resistência em torno do nome do vice Pedro Zanqueta, que foi secretário na administração de Gilberto Dranka. Em todas as vezes que foi questionado sobre o vice, João sempre foi categórico: “não tem nada que desabone sua conduta e não é acusado de nada”.

Imediatamente após o resultado das urnas, o candidato derrotado Ney Ciupka, parabenizou João, afirmando respeitar a decisão da maioria da população e, que, estará torcendo para que o eleito promova uma administração voltada ao povo, que anseia por mudanças. Sobre o futuro político, Ney disse ser cedo para pensar no amanhã. Os parabéns do Foca a ambos os candidatos, que fizeram uma eleição limpa e agiram com tranquilidade e humildade diante dos resultados.

O vereador de Fazenda Rio Grande Rafael Campaner, na sessão desta semana, apresentou requerimento sugerindo que o antigo terminal seja transformado em uma rodoviária estadual. Segundo o edil, centenas de passageiros viajam para vários destinos e, como o terminal se encontra obsoleto, transformar o espaço em terminal intermunicipal atenderia o anseio de muita gente que, para viajar, precisa ir a Curitiba para as locomoções. Boa!

O deputado estadual Requião Filho, nesta semana, no plenário da Assembleia Legislativa, criticou a PM pelo episódio ocorrido recentemente em Fazenda Rio Grande, onde uma jovem foi morta por não atender ao clamor de vários moradores, que pediram uma equipe para atender uma ocorrência de briga de casal. Inclusive o fato foi pauta da imprensa nacional. Pelo que disse o moço, a viatura chegou muito tempo depois da primeira solicitação e, ao chegar no endereço, a mulher já estava sem vida.

Requião Filho defendeu os agentes de segurança (policiais), afirmando que realmente falta efetivo e viaturas para as ocorrências, que acontecem em grande número, diariamente e, que eles (PM) não conseguem atender a demanda. A situação concordou com Requião, mas lembrou que no tempo em que o Estado era governado pelo pai, Roberto Requião, a situação era idêntica.

Quem serão os candidatos a prefeito em Campo do Tenente? As informações de boca pequena dão conta de que propensos candidatos já acertam pormenores em reuniões com lideranças partidárias. Quem deve se lançar candidato a prefeito no pequeno município, é o empresário Baby Negrelli. Procurado pela reportagem, não foi encontrado, mas de acordo com pessoas próximas, Baby vem sendo “namorado” por vários partidos, que demonstram interesse no seu passe.

Sem delongas, os vereadores de Campo do Tenente promovem sessões rápidas, sem ficar enrolando na aprovação de requerimentos. A matéria é lida pelo secretário e o autor apresenta as justificativas. Não se torna cansativa, como em outros legislativos da região. De nada adianta ficar pedindo a palavra para dizer que apoia o requerimento e tal e vai, vai, vai. Parabéns vereadores tenenteanos pela sessão objetiva desta semana.

Quem tem direito a música no Fantástico, é o ex-governador Beto Richa. Na última terça-feira, foi preso pela terceira vez, em curto espaço de tempo. Prisão de Richa foi por coação de testemunha e prejuízo não ressarcido a 20 mil alunos. Quem sabe, neste momento, já deva ter sido solto, pois é um entra e sai da “cadeia”, leia-se sala especial em algum batalhão da PM.

Continuar lendo

Artigos Relacionados

Verifique também

Close
Loading...